Diversos cidadãos estão com problema para receber o auxílio emergencial. Veja aqui quais as possíveis soluções para eles!

Saiba o que está sendo recomendado caso você esteja com problema para acessar o auxílio emergencial.

Aos que ainda não foram confirmados como elegíveis

O Ministério da Cidadania informou nesta quinta-feira (23), em nota à imprensa, que os trabalhadores que se cadastraram no aplicativo Auxílio Emergencial da Caixa Econômica Federal (CEF) entre os dias 7 e 10 de abril, e que até o momento não foram confirmados como elegíveis, podem retornar ao aplicativo e revisar seu cadastro.

Segundo o governo, foi feita uma nova atualização do aplicativo para facilitar novos cadastramentos e a revisão dos cadastros já realizados, que por diversas razões, não tiveram a sua elegibilidade confirmada.

Na sexta-feira (24), mais 7 milhões de requerimentos, que foram realizados entre os dias 11 e 17 de abril, foram enviados à Caixa. O prazo para análise é de cerca de 5 dias úteis.

Aos que já foram aprovados mas estão com problemas no pagamento

A Caixa disse que aproximadamente 75 milhões de brasileiros já receberam a resposta sobre o auxílio emergencial após a análise feita pela Dataprev e que pagará até o próximo dia 30 mais R$ 7,6 bilhões para aproximadamente 9,6 milhões beneficiários do Bolsa Família, conforme o calendário de pagamento, além dos R$ 23,5 bilhões já pagos para 33,2 milhões de pessoas.

Trabalhadores têm relatado nas redes sociais que não conseguem entrar no aplicativo Caixa Tem para ter acesso ao dinheiro. Há relatos ainda de que o sistema está impossibilitando a transferência do dinheiro dessa poupança para outras contas, inclusive da própria Caixa.

Segundo a Caixa, o sistema está sobrecarregado pelos usuários que não têm direito ao auxílio emergencial, mas que mesmo assim acessam o aplicativo.

Dessa forma, o beneficiário deve continuar tentando acessar, buscando horários com menor movimento, como a madrugada.

Aos que estão no Cadastro Único, ou já recebem o Bolsa Família, mas ainda não foram aprovados

De acordo com o governo, apesar de o benefício ser concedido automaticamente para quem está no Cadastro Único ou recebe Bolsa Família, não significa que todos serão contemplados. Isso porque há um limite de até dois trabalhadores que podem receber o benefício por família e os critérios de exclusão também valem para esses beneficiários.

Já os trabalhadores que fizerem a solicitação do auxílio por meio do site ou aplicativo da Caixa, a exigência é que todos os membros da família devem ter CPF em estado regular. Veja como regularizar ou criar seu CPF.

Aos que tiveram o auxílio negado por “dados inconclusivos”

A Caixa esclarece que, após a consulta, se o retorno da análise da Dataprev for “Dados inconclusivos”, será permitido ao cidadão realizar nova solicitação no site ou aplicativo da Caixa (Android ou IOS).

Aos que não concordam com a avaliação da análise

As pessoas que não concordarem com a análise realizada pelos sistemas de conferência podem pedir nova avaliação pelo próprio aplicativo (Android ou IOS) e site da Caixa de cadastro para o auxílio. A funcionalidade foi habilitada na última segunda (20) para os inscritos no Cadastro Único e estará disponível para os demais trabalhadores nos próximos dias, segundo o governo.

Segundo a Caixa, se o resultado for “Benefício não aprovado”, o cidadão poderá contestar o motivo da não aprovação ou realizar a correção de dados por meio de nova solicitação. Tais solicitações deverão ser feitas através do app Caixa Auxílio Emergencial (Android ou IOS) ou do site, onde o trabalhador fará a novo preenchimento dos dados, sem a necessidade de apresentação de documentos.

Veja também as dúvidas mais frequentes sobre o Auxílio Emergencial nesse post.

Fontes: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/04/24/auxilio-emergencial-saiba-como-e-feita-a-analise-dos-trabalhadores-e-o-que-pode-levar-a-negativa.ghtml ;
https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/04/23/auxilio-emergencial-quem-se-cadastrou-entre-7-e-10-de-abril-no-aplicativo-da-caixa-e-ainda-esta-sob-analise-deve-revisar-o-cadastro-diz-cidadania.ghtml

Faça seu cadastro e receba no seu email o aviso de novos conteúdos do blog


Categorias:

Visite nossas redes socias e conheça mais sobre a gente:

Nenhum comentário ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *