Saiba que ações tomar para se prevenir do novo coronavírus, a covid-19, e quem na população corre maior risco.

Como ainda não há tratamento para o novo coronavírus (saiba mais aqui), além de coletar informações confiáveis, também podemos tomar diversas medidas que nos ajudam a se prevenir contra ele. Abaixo compilamos algumas sugeridas pelo Ministério da Saúde:

  • Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão ou então higienize com álcool em gel 70%;
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos;
  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado;
  • Mantenha uma distância mínima cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando;
  • Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote uma onda amigável sem contato físico, mas sempre com sorriso no rosto;
  • Higienize com frequência o celular e brinquedos das crianças;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos;
  • Evite aglomerações e mantenha os ambientes limpos e bem ventilados;
  • Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente, idosos e doentes crônicos e fique em casa até melhorar;
  • Durma bem, tenha uma alimentação saudável e faça atividade física.

Adianta tomar vacina contra a gripe (Influenza)?

Não, mas evita que a pessoa tenha outros tipos de doenças respiratórias. Busque orientação de como vacinar em segurança e, em caso de fila, mantenha uma distância de, pelo menos, 2 metros dos demais, principalmente os idosos.

Para informa-se, ligue 136 ou entre em contato com a Secretaria de Saúde da sua cidade, visto que haverá uma estratégia de vacinação diferenciada por município.

Quem corre mais risco?

Pessoas acima dos 60 anos e aquelas com doenças crônicas, como diabetes e doenças cardiovasculares. Esse público não deve viajar nem frequentar cinemas, shopping, shows e outros locais com aglomerações.

A orientação é FICAR EM CASA!

Caso utilize medicamento de uso contínuo, entre em contato com seu médico ou peça para algum familiar ir até o posto de saúde para buscar uma receita com validade ampliada, principalmente no período de outono e inverno. Isso reduz o trânsito desnecessário nos postos de saúde e farmácias.

Há riscos maiores para grávidas?

Ainda não existem dados específicos, mas elas passam por mudanças imunológicas que podem deixá-las mais vulneráveis.

O uso de máscara ajuda a prevenir?

Como esse é um tema muito debatido, resolvemos fazer um post especificamente sobre ele.

Também, saiba nesse outro post quando devemos ir ao hospital.

Caso tenha interesse, veja também outras dicas de como se proteger no recebimento de encomendas online.

Fonte: http://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca

Faça seu cadastro e receba no seu email o aviso de novos conteúdos do blog


Visite nossas redes socias e conheça mais sobre a gente:

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *